Quem Somos

  
Olá pessoal! Sejam bem vindos!

Me chamo Juliana Jordán e sou mamãe da Camila, uma bebê linda e sorridente, mas que precisa de cuidados especiais com relação à alimentação, já que ela é extremamente alérgica a tantas comidinhas, inclusive ao leite. Ela tem APLV, alergia a proteína do leite de vaca e o caso dela ainda é daqueles mais complicados.

Por conta disso preciso fazer uma dieta sem leite e derivados, já que o único leite que ela toma é o materno. Essa restrição alimentar vai desde o cuidado com o preparo das comidas (utensílios em separado), a leitura atenta dos rótulos, até as ligações para o SAC das empresas tirando dúvidas sobre a contaminação cruzada ou os traços de leite (quando um alimento “contaminado” é preparado utilizando os mesmos utensílios ou maquinário de outro, por exemplo). 

Não vou dizer para vocês que é sempre muito fácil ou que de vez em quando não me “bate” uma saudade danada de uma pizza quatro queijos ou de um milkshake de flocos. Mas tudo isso é muito pequeno quando penso na saúde da minha filha e em seu bem estar.

Espero que vocês se sintam à vontade e tenhamos a oportunidade de trocar experiências entre “mamães APLV” e afins.

Beijos,

Ju Jordán (A mãe da Camila).
  

20 comentários sobre “Quem Somos

  1. Olá. Me chamo Daniela sou mamãe do Arthur. Um bebe dê 8 meses e há dois meses descobri que elé é alérgico a proteína do leite. Como todas mamãe sabem não é fácil pois estou numa dieta restritiva daquelas. Mas vale a pena pela saúde do meu pequeno. Gostaria de trocar experiências com vocês. Bj carinhoso

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Daniela. Realmente temos momentos de muita dificuldade na dieta restritiva, assim como você. Mas a alegria dos nossos pequenos vale todo e qualquer esforço, assim como a saúde deles! 💗💗💗. Saiba que esse espaço aqui é Nosso! Venha sempre que quiser e precisar. Um Beijão . Ju

      Curtir

  2. Olá meu filho tem 10 meses e descobri HOJE que ele é alérgico ao leite de vaca. Sinceramente, quase tive um troço. Parecida que o chão aos meus pés tinha se abrido. A gente sempre quer o melhor pros nossos pequenos, me sinto culpada de certa forma e apreensiva porque sei que ele sofrerá muito.. Entrei na net para procurar sobre, tentar entender e se isso pode ser reversível, e acabei achando esse site. Já copiei umas receitas que me pareceram deliciosas. Se vocês puderem me ajudar a compreender, e me ajudar a ajudar meu filho, serei eternamente grata.

    Curtir

    1. Olá Isabella. Primeiramente bem vinda ao nosso espaço. Aqui é um cantinho de troca de receitas, experiências, desabafo, e amor. Eu sei que no início a gente fica meio perdida mesmo, como você explicou. É um misto de medo, negação, culpa, insegurança… Mas depois TENHA A CERTEZA que tudo se ajeita e você vai ver que não é tão difícil quanto parece. A maioria dos casos de alergia ao leite de vaca são reversíveis, se assim posso dizer. É também você vai encontrar alternativas maravilhosamente deliciosas aos laticinios. Condensado de côco, chocolate dos frades, mandioqueijo, e tantas outras receitas além de deliciosas, saudáveis! Espero do fundo do meu coração que você passe por isso bem, afinal, seu filho vai precisar de uma mamãe muito forte. Você vai descobrir que tem uma força maior do que imaginava! Você vai se superar e isso vai te fazer muito bem! Ah! Mas posso te contar um “segredo”? A alergia alimentar é mais uma “prova” para os pais do que para as crianças. Normalmente as mães relatam que elas são felizes, enquanto nós mamães nos preocupamos, elas estão super bem! ♥️♥️♥️♥️. Se precisar estamos por aqui. Beijão

      Curtir

    1. Olá Natalia. Muito obrigada. A nossa descoberta foi no sétimo mês de vida, justamente na introdução alimentar. Ela vomitou em jato 16 vezes num intervalo de tempo de 30 min. Não gosto nem de lembrar. Vou fazer um post explicadinho sobre isso porque algumas mamães já me perguntaram a mesma coisa que você. Beijos Ju

      Curtir

  3. Boa tarde. Meu filho tem 1 e 8 meses e descobrir a alergia a banana e ovo. Sempre me dediquei a Ele. Mas o seu site vai me ajudar bastante. Agora ele na escola tenho q levar de casa os lanches já q a escola tem o programa saudável, a mesma fornece o lanche para as crianças, mas no caso dele tenho q levar, pois os mesmos não podem trocar o cardápio por causa de uma criança apenas. Um grande bj e espero poder achar todas as receitas.

    Curtir

  4. Oi Ju…
    Meu nome é Gustavo tenho 19 anos aos 6 meses fui diagnosticado com “APLV” nem msm o leite da minha eu pude beber pois como ela tomava leite de vaca durante a amamentação o leite dela ficou intoxicado… Aprendi a adaptar várias receitas. Seu site servirá de salvação para muitas mães em apuros, você está de parabéns por sua iniciativa.

    Curtir

    1. Olá Gustavo! Que feliz tê-lo por aqui! ♥️🙂 Há 19 anos atrás imagino a situação extremamente difícil da sua mamãe. Hoje temos mais informações e sabemos que é possível fazer a dieta e amamentar um pequenino alérgico, mas provavelmente sua mamãe não sabia disso… Acho que o caminho é esse mesmo, adaptar as receitas e não se privar das delícias, né?! ♥️
      Obrigada.
      Beijão

      Curtir

  5. Oi Juliana!Me chamo Debora e fiquei muito feliz em encontra-la,meu filho tem 11 meses e desde os 2 meses descobri que ele é APLV,nao é facil lidar com essa situaçao,mas com suas dicas no site,comecei a me sentir mais leve.Obrigada por sua ajuda!

    Curtir

  6. Oii muito feliz por esse blog desde ontem quando eu descobrir!
    Meu filho tem APLV descobrir com 17 dias ele chorava cinco horas seguidas sem parar, se expremia todo! Dava tapa na mamadeira! Etc … Não queria mamar! Mas o pior de tudo foi quando ele começou a engasgar e fazer quadro de morte súbita mesmo já tomando o neocate, as médicas inclusive as médicas q estamos aqui nunca tinham visto criança tão complicada !! Dr.katia,Graça e Margarida(anjos que Deus me Deu principalmente margarida!)
    Nunca tinham visto criança assim desde 15 anos atrás . Tivemos dia de UTI é um mês e 15 dias de apartamento! Mesmo assim saímos de lá com ele engasgando e agente socorrendo ! Mas depois da mudança do pregomim para o alfaré ele já estava melhor!
    Diminuiu a qnt de engasgo e vomitadas!
    Parou os sustos com o alfare e ele cresceu com 6 meses acabou ! E hj 8 meses estamos firme na luta tomando ainda alfare,losec, montilium mas é um bebê normal ! Gordinho! Sem 5 horas de choro!
    Só com APLV e alergia a ovo!
    Mas td passou e hj sou muito feliz! E encontrar esse site da um alívio sabe !
    Só em vc saber q n está sozinha q somos uma comunidade grande de mães buscando soluções dá um alívio!
    Anotando todas as receitas já !
    Beijos Jessyca mãe do Marcelo!

    Curtir

    1. Olá Jessyca! ♥️♥️♥️♥️ Sem palavras para descrever o quão emocionada fiquei com seu depoimento. São muitos os desafios que a maternidade nos impõe e esses de “mãe de alérgico”são particularmente difíceis… Muito feliz com suas conquistas e pela ajuda de profissionais tão competentes e que te deram apoio nos momentos mais críticos. ♥️ um beijo e sempre dê notícias! ❣

      Curtir

  7. Olá, Juliana! Fiquei muito feliz em encontrar seu site. Parabéns pela iniciativa. A Camila é linda e tem uma super mãe! Meu filho Fernando tem 1 ano e 4 meses e ambos fazemos tratamento de APLV, pois ainda amamento. O caso dele não é dos mais graves, mas ainda sim requer atenção. Acreditamos que com 1 ano de exclusão total de leite e derivados a alergia passe. Estou seguindo seus posts e já fiz algumas receitas como o risoto com mandioqueijo, bolos etc. Estou super animada com as possibilidades que encontrei aqui. Obrigada!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s