Balas de açúcar 

Desde criança faço essas “balas de açúcar”, mas ainda não tinha encontrado o “ponto ideal”. Ontem a minha vontade de comer um docinho estava grande e como eu não aguentava mais tapioca de goiabada, resolvi tentar o meu “confeito” da infância.

Eu me lembro de gastar sacos e sacos de açúcar testando essa receita. Era divertido! Minha mãe e tia ficavam maluquinhas com o tanto que eu gastava (eu morei um tempo na casa da minha tia depois do divórcio dos meus país). Eu vivia dando “baixa” nos pacotes de açúcar lá de casa!

  O segredo dessa bala é o ponto. Eu que não sou chef nem nada achei difícil essa parte. Mas descobri que depois de achado o ponto, não tem mistério. Vou mostrar o passo a passo para vocês acertarem também.

Ingredientes:

1/2 kg de açúcar refinado 

30 gotas do sumo do limão 

1 xíc. e 1/2 de água 

Polvilho doce 

   

Preparo:

1 – Leve ao fogo alto o açúcar, a água e o limão e não mexa porque do contrário vai caramelizar, o que não é nosso objetivo. 

2 – Espere levantar fervura e observe. Depois de mais ou menos 20 minutos você notará que a mistura vai subir e descer na panela. A cor mudará um pouco também, vai amarelar de leve. 

3 – Retire do fogo e divida em 2 ou 3 recipientes, para esfriar mais rápido. 

4 – Em um outro recipiente grande (usei uma assadeira), espalhe polvilho doce para enrolar as balas. 

5- Com o auxílio de uma colher, retire um pouco da mistura e jogue no polvilho.  Ela estará ainda um pouco quente, portanto, todo cuidado é pouco. Você terá uma “massa” do tipo “estica e puxa”. Para não grudar nas mãos, o polvilho será essencial. 

6 – Deixe que as balas já moldadas descansem numa bancada coberta de polvilho doce por pelo menos 12 horas. Eu deixei de um dia para o outro. Lembre que elas ainda vão expandir-se, então, algum espaço entre elas será importante.  

7 – Estão prontas as balas! Agora é só devorar. 

  
  
Depois de prontas, as balas ficam numa textura incrível, desmanchando na boca e com gostinho de infância no ar. 

Mais uma delicia sem leite, sem ovo, sem soja, sem côco, sem cacau, sem oleaginosas, sem banana e com muito amor. 

Eu amo! Enquanto escrevo estou comendo várias por aqui.

Beijos,

Ju Jordán

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s